💙As Cartas💙

21:10

As Cartas é uma envolvente história que narra a forte relação entre mãe e filha.


Pura emoção! Um relato verídico, bem ao estilo de Zélia Gattai, que sabia como ninguém contar histórias de família. Lembrei dos livros dela assim que comecei a leitura. 

Logo nas primeiras páginas a autora descreve a emoção de um parto, acreditem senti como se estivesse lá compartilhando o momento, que em certo ponto foi angustiante.

"Ali nascia uma criança, ali nascia uma mulher, nascia um anjo, nascia a perfeição, uma união, um amor indescritível, imensurável." (p.25).

Vamos viajar pela vida de Narita, mãe totalmente dedicada a filha, por quem fazia qualquer sacrifício. E de Sofia, sua filha amada.

Sua casa e seu coração estavam sempre abertos para acolher outras pessoas, afilhados, amigas da sua filha, carentes de aconchego familiar.

Sofia foi educada com liberdade e muito amor e retribuiu esse amor na mesma medida, claro que tiveram muitas desavenças ao longo da vida, mas o amor que as unia era sempre maior do que qualquer coisa.

Acompanhamos a trajetória de Narita de 1969 até 2011, e nesse período, vivemos com ela suas lutas, sofrimentos, perdas(muitas) e a capacidade de se reinventar a cada dia, de se superar e seguir em frente. Porque ela tinha um propósito, o de cuidar para que sua filha se tornasse uma pessoa independente, forte e principalmente, feliz!

Narita era uma guerreira, bem humorada, emotiva, que gostava de se divertir e de ajudar ao próximo, acumulou muitas mágoas ao longo da vida, sofreu com o preconceito de seu pai e irmão por ser "mãe desquitada", sofreu a indiferença da mãe na infância e toda essa negatividade afetou a sua saúde. 

A história nos faz refletir sobre a importância do perdão  e do amor para nos libertar de mágoas, rancores e tudo que nos machuca e só nos faz mal. 

E, principalmente nos mostra o amor entre mãe e filha, uma relação forte que supera qualquer obstáculo e que no caso de Narita, se eternizou nas lembranças que Sofia/Gisela transformou nesse livro maravilhoso.

Rita (mãe, já falecida) e Gisela. Foto gentilmente cedida pela autora.

"Às vezes eu comparo a minha vida ao mar, às vezes maré alta, às vezes maré baixa, às vezes manso, às vezes bravio, às vezes romântico, esplendoroso, às vezes enjoado. Mas sempre, sempre em um eterno e misterioso movimento." Narita/Rita

Leia, se emocione. Você não será a mesma depois desse relato.


Sobre a autora:


Gisela Ferian Sutto é uma apaixonada por literatura. Escreveu muitos livros quando jovem, empilhados e amarelados pelo tempo, mortos com os anos sem conhecer os olhos curiosos de leitores, no entanto seu lado autora falou mais alto e em março deste ano publicou sua obra As Cartas. 


Gisela diz que procura a todo momento enxergar beleza: em uma lágrima, em um olhar, em um movimento, em um sorriso de canto de boca. Acredita que o corpo fala coisas que a boca omite. 


Ela diz que é feliz. Amante da natureza, das flores coloridas, dos animais, de cheiros perfumados, de toque, de carinho, viajar, conhecer sempre algo novinho em folha, de pessoas honestas, que gostam de fazer o bem, de gente que se entrega e não tem medo de errar.​


As Cartas

Autora: Gisela Ferian Sutto

Lura Editorial

2016 / 328 páginas 

You Might Also Like

24 comentários

  1. Que história linda. Gosto de livros reais e principalmente que nos levam a refletir sobre diversos aspectos da nossa vida. Fato que criar um filho sozinho não deve ser nada fácil. Imagino a dor e angustia dessa mãe e todos os comentários maldosos e negativos que deve ter escutado.

    Beijos,
    Thalita

    http://capituloquinzee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que história linda e emocionante. Choraria rios de lagrimas se a lesse. Acho que quase toda Relação de mãe e filha tem seus altos e baixos. Ler esse livro deve nos fazer pensar que também tem muito amor e riqueza de ambos os lados.
    Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Oie

    Que história linda! Eu adoro livros que retratam relacionamentos familiares e esse pareceu tão envolvente, ainda mais pelas dificuldades e preconceitos enfrentados pela mãe.
    Com certeza deve emocionar muito e trazer vários aprendizados.
    Achei a capa maravilhosa também!!

    bjs
    Fê
    http://www.condutaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, parece ser uma história linda! Acho muito lindo esses livros que retratam o ambiente e o amor familiar, e uma relação entre mãe e filha é sempre muito bonita, independente dos altos e baixos.

    Um beijo, Pri.

    https://poramoraoslivrospri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa história, já fiquei fã da Narita. Com toda certeza é uma mulher forte e muito guerreira. Adoro essas histórias de mãe e filha, acho lindas demais. O ambiente familiar tem que ser muito valorizado hoje em dia e esse livro me deu a impressão de dar muito valor a isso. Simplesmente amei <3

    ResponderExcluir
  6. Que história linda, Danuza!!! Me emocionei com sua resenha e tenho certeza que Gisela é uma pessoa muito orgulhosa pela mãe guerreira, forte e maravilhosa que possuiu nessa vida. Lindo, lindo, lindo!!! Parabéns pela resenha! Amei e fiquei louca para conhecer mais sobre essas grandes mulheres.
    Beijos
    Luciana

    ResponderExcluir
  7. Que lindo, parece bem emocionante.
    Eu gosto muito de livros que contam um período longo de vida, cabe muita história e crescemos com o personagem!
    Adorei :D

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. O livro parece ser lindo e emocionante! Já me imagino derramando lágrimas com a história mas ao mesmo tempo feliz, pois gosto de livros que nos fazer refletir, fiquei com vontade de ler "As cartas". Parabéns pela resenha, bjs

    ResponderExcluir
  9. Primeiramente já gostaria de falar que amei a capa desse livro. Pelas suas palavras parece ser um livro lindo e totalmente emocionante. Falar sobre essa relação tão especial de mãe e filha é incomparável. Adorei a resenha. Beijos

    blog: http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, amo histórias reais e essa parece ser super emocionante quero ler, vou adicionar na minha wistlist

    ResponderExcluir
  11. Ei Danuza, parece ser um livro bem emocionante, mas não faz muito o
    meu estilo. Eu achei a capa muito linda.
    Espero que mais pessoas se interessem pela história.

    Uma dica: acho que colocar a sinopse inteira deixa a postagem mais completa.

    Beijos
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  12. Amei de paixão saber mais sobre esse livro. E essas fotos perfeitas? Parabéns pelo conteúdo de primeira! <3

    ResponderExcluir
  13. Oiiii
    Esse livro deve ser cheio de emoções, toda história com mãe e filha eu choro e provavelmente não será diferente com esse livro.
    Amei a resenha
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Ei! Tudo bem?

    Que livro mais bonito de se ler, imagino que seja uma leitura tão doce e emocionante. Infelizmente, não é o tipo de obra que mais me interessa, de qualquer maneira, a história parece linda e daria uma chance se gostasse mais do gênero.

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Que história emocionante, não é fácil ser mãe solteira e na parte do parte com certeza deve ser uma das cenas mais linda. Amo ler livros assim, que aquece o nosso coração e transmite mensagens de amor, força e ainda mais entre mãe e filha que é o amor mais velo que existe.

    Adorei conhecer um pouco desse livro.

    ssurrandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Nossa, que resenha. Parabéns!
    Gostei do livro e vou querer ler, a história é muito diferente das que leio normalmente mas você conseguiu passar tanta beleza, que me conquistou, tenho que saber mais sobre essa guerreira.

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?

    Não conhecia o livro e gostei muito de conhece-lo através do seu ponto de vista, pois passou muito bem do que o livro trata...deixando claro para o leitor. O livro parece ser muito forte, aquele tipo indo que nos leva as lágrimas. Gosto de livros que abordam pessoas reais, deixa toda a história com mais unicidade.

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bom?
    Adorei a proposta do livro. Parece ser muito emocionante.
    Os quotes que separou são lindos, e com eles já pude sentir o quanto o livro me emocionaria.
    Que bom que gostou da leitura.

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  19. Olaa!
    Uau, o livro deve mesmo ser emocionante. Já quero! Adoro briografias, e acho q esse vai retratar lindamente uma das relações mais lindas q existem. Mãe e filha. E acho q a mais forte também.
    Adorei a capa do livro!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  20. Que históriaaaa...
    Deve ser intensa essa leitura, hein?!
    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Olá! Tudo bem?
    Uau! Que história fantástica! Amei saber um pouquinho mais sobre essa obra, principalmente, sobre a relação entre mãe e filha! Amei sua resenha e as fotos desse livro! Quero muito ler! Beijos 😘

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Não sei mas achei essa história toda, uma história que passa um sentimento de paz. Livros assim são ótimos para nos fazerem dar uma parada na agitação do dia-a-dia. Adorei a dica ♥ ~Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  23. Linda história. Amo livros que além de nos envolver, nos deixam marcas. Nos fazem pensar e refletir sobre o assunto abordado. E a história dessas duas faz exatamente isso.

    ResponderExcluir